Counter VISITANTES

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Muito Prazer: Inversão I

Nesta época conheci Paula, minha namorada de 18 anos. Paula e eu tinhamos cabeça muito aberta para sexo e sempre que transávamos a festa era completa com sexo anal, lambida de cu, fio terra, gozada na boca e por ai vai. Certa vez Paula me pediu para comer meu cu pois tinha lido muito sobre inversão em um site e gostaria de experimentar. A principio relutei mas depois acabei cedendo desde que eu decidisse o tamanho do cacete que iria me enrabar. Fomos para a internet e vimos várias cintas penianas até que chegamos em uma para iniciantes na inversão (o que era meu caso) e outra com a protese e mais dois plugues uma para a buceta e outro pro cu o que deveria dar uma puta sensação a que estivesse comendo. Fizemos o pedido, juntamente com lubrificante e um plug anal que ela insistiu em comprar.

Uma semana depois chegou a encomenda e fomos para um motel experimentar.
Chegando lá, Paula foi para o banheiro levando a cinta peniana e eu fique assistindo o filme de sacanagem e esperando o momento onde seria descabaçado no cu por ela.
Quando sai do banheiro, tenho a visão mais linda do mundo. Ela nu somente vestida com a cinta peniana e com cara de safada. Quase gozei sem tocar no pau. Partiu para cima de mim e começo o boquete, seguido de lambidas em meu cuzinho para relaxar. Pegou o pote de KY e passou no dedo e enfiou em movimentos circulares para lacear e lubricar meu anelzinho.
Após isso, Paula me colocou de quatro na beira da cama e apontou a cabeça da rola para meu cu. Começou a pincelar aquela rola na minha bunda e falando que agora eu veria como era bom dar o cu, como ela se sentia ao ser currada por mim. Pegou na minha cintura e começo a socar a piroca centimetro a centimetro. A sensação era de prazer intenso. Ficou com a rola toda socada em meu rabo e me acariciando por uns 5 minutos para que meu rabinho se acostumasse com aquele pau todo no meu cu. Após isso começo os movimentos de vai e vem, ritmados e com força. Depois de uns 10 minutos nessa fodeção, buscou meu cacete com a mão direita e começo uma punhetinha bem de leve. Rola na bunda e punheta, a combinação perfeita para inversão.

Não demorou muito e anunciei que iria gozar, ela então retirou o pau domeu cu e se pos a boquetear meu pau. Gozei em sua boquinha que não deixou escapar nenhuma gotinha. Após, com a boca cheia de porra, veio compartilhar comigo o gozo com um beijo fantástico.

Nos recompomos e continuamos a foda mas isso fica para a próxima parte.

INVERTENDO MEU HOMEM

Mais um conto escrito a 4 mãos. Espero que vc's gostem. Se gostarem comentem por favor.Olá, meu nome é Clo. Sou uma coroa fogosa, tenho mais de 50 anos e fogo de 25. Adoro sexo gostoso e cheio de fantasias e cumplicidades. O relato que escrevo aconteceu comigo.

Passei a gostar de inversão de papéis ainda quando era casada. Fazia muito com meu marido e ele adorava. Eu chupava muito o cuzinho dele e sempre fodia o cuzinho dele com meu dedo. Eu dizia a ele que queria mesmo era ver um cacete de verdade entrando naquele cuzinho delicioso. Ele sempre se recusava, não sei até hoje se por preconceito ou se não queria mesmo, pois muitas vezes eu tinha a impressão que ele adoraria levar uma rola no cú. De minha parte eu comia ele com o dedo, apenas um dedo. Com o tempo nos separamos e a minha fantasia continuou presente dentro de mim. Só que eu queria muito mais que apenas um dedo.

Conheci outro cara que se dizia bi e acabamos transando muitas vezes, mas este também só queria dar o cú para o meu dedo. E a fantasia de comer um homem plenamente só crescia em mim, me perseguindo dia e noite.

EU buscava algo mais emocionante e excitante pois precisava acalmar o meu tesão que só crescia dia a dia. A ideia de me tornar uma mulher-macho era uma constante em todos os momentos da minha vida. Eu queria ter um consolo preso na cintura por uma cinta. Om consolo grande e grosso para comer um homem bi ou gay que me aceitasse como mulher-macho. Eu nem pensava em dar a minha buceta, eu só pensava em meter um consolo num cú, bem fundo e forte. Era isto o que eu buscava, eu até poderia dar a a minha buceta e o meu cú, mas só depois de ter fodido o homem completamente.

Na minha cidade que não é grande, é muito difícil achar um homem assim que tope todas estas taras minhas. Acabei procurando na NET, em diversos sites de relacionamento. Apareceu um interessado que disse ter amando as minhas fantasias, que eu havia escrito em meu perfil. Era um homem casado, se dizia bi e adorava ser invertido completamente por uma mulher fogosa e coroa. Começamos a nos corresponder e a química, mesmo virtual, se deu imediatamente e o nosso tesão crescia a cada dia.

Com o passar do tempo eu já não aguentava mais de vontade de ver e ter aquele homem na cama comigo. EU podendo finalmente realizar minha fantasia de ser mulher-macho dele. Ele sempre me enviava vídeos e fotos de mulheres comendo cuzinho de homem. Aquilo me transtornava cada dia mais e mais. Não aguentando mais de vontade marquei de me encontrar com ele. Ele morava em uma cidade distante, mas mesmo assim eu iria até lá. Queria desesperadamente encontrá-lo.

Chegando lá eu o encontrei em um apartamento que ele tinha escondido da esposa dele. Minha surpresa foi maravilhosa. Quando ele abriu a porta para eu entrar me deparei com ele vestido de mulher, maquiagem no rosto, peruca, todo depilado e sandálias com as unhas pintadas. Parecia mais uma puta, bem safada e escrota, muito sexy e provocante.

Meu tesão que já era grande, tomou proporções inimagináveis. Fui empurrado ele (ou ela, sei lá) para dentro, Fui logo beijando loucamente aquela boca carnuda. Arrancando a roupa dela (vou tratar ele de ela daqui para frente) peça por peça, como um macho tesudo faz. Cai de boca nos mamilos depilados e comecei a chupá-los loucamente, deliciosamente. Ela tinha os seios meio grandes, pareciam até de mulher mesmo. Eu mamava enquanto me despia completamente. Nós duas nuas, ele tentava passar a mão na minha buceta e eu não deixava. Eu dizia para ela ter calam, somente depois que fosse minha poderia colocar a mão na minha buceta que a esta altura escorria um mel bem viscoso de tento tesão que eu estava.

De tanto tesão que eu estava eu acabei jogando ela para o chão, Subi em cima dela e fui lambendo ela todinha, Lambendo aquele corpo lisinho, depiladinho que era só meu. Ela nunca tinha se depilado antes, mas tinha feito isto especialmente para mim. Acabei chegando no pau dela, chupei deliciosamente, mas o que eu queria mesmo era aquele cuzinho. Virei-a de bunda para cima, cai de boca naquele cú delicioso, chupei e meti a minha língua. Deixei todo melado de saliva. Nossa que sabor delicioso que senti naquele cuzinho lindo e prestes a ser arrombado completamente.

Ele(a) gemia loucamente de prazer. Dei uma pequena pausa para ela pegar o cacete que tinha comprado especialmente para aquele momento, segundo os desejos dela e principalmente dos meus desejos.

Quando ele trouxe o consolo eu quase desmaiei de tesão, surpresa.e felicidade. Era um cacete enorme, tinha uns 32 cm por uns 15 de largura. Nossa que lindo. Fiquei louca, vesti correndo aquele mastro lindo. Estava radiante, faria dele uma putinha, um viadinho, matando assim meu desejo de muitos anos. Eu seria finalmente o macho dele e estava disposta a comer aquele cú de uma forma que ele nunca mais retornaria ao normal. Ele seria uma putinha para sempre depois de ser fodida por um macho como eu sedenta a tantos anos por comer de verdade um cú.

Já fui fazendo ela se ajoelhar e chupar meu pau (me sentia um macho de verdade e com um cacete de verdade). Eu mandava ele chupar mais e mais. Coitada, quase nem cabia naquela boquinha, mas eu estava enlouquecida e só queria fuder. Comia aquela boca como se fosse uma buceta deliciosa, empurrando até a garganta e vendo ela engasgar e continuar a chupar.

Enquanto ela chupava eu falava enlouquecida para ela olhar bem aquele cacete, pois depois que eu enterra-se todinho no cuzinho dela ela nunca mis teria pregas no cú. Eu deixaria lisinho. EU perguntava se era isto que ela queria, ela balançava a cabeça dizendo que sim e continuava chupando loucamente também.

Não aguentando mais mandei-o ficar de 4, chupei o cuzinho dela mais uma vez, deixando bastante guspe nele. Encostei a cebeçona da minha pica naquele cú que se contraiu involuntariamente de tesão e de medo. Ela agora sabia que não tinha mais volta, seria completamente fodida e rasgada. Estava difícil de entrar, eu empurrava mas não entrava. Tirei, passei um pouco de crene e coloquei de novo forçando. Ela gemia de dor implorando para eu ir devagar, até que a cabeça entrou. Ela se retorceu toda, gemeu e pediu calma, pediu não, quase implorou. Eu parei com a cabeça toda dentro, deixando ela se acostumar um pouco com o volume imenso dentro daquele cú delicioso. Mas continuava a dizer no ouvido dela que agora ela iria virar mulher mesmo. EU falava: se prepara seu viado do cacete, agora vou te transformar em mulher e vc me transformar num macho de verdade.

Vou arrebentar teu cú todo, vou deixar um buraco oco, parecendo um túnel. Ela gemia, pedia calma eu parada com a cabeça enterrada somente falando no ouvido dela como eu iria arrombá-la. Em um dado momento ela se distraiu um pouco, pois já estava acostumando com a cabeçona dentro do cú. Neste momento eu meti tudo de uma vez, atolei até o talo, nossa ele gritou de dor, tentou sair desesperado, mas eu segurava firme a cintura dela e meu pau todinho dentro dela. Fiquei parada esperando ela se acalmar e se acostumar. Depois de alguns minutos, comecei a tirar e empurrar de novo num vai e vem delicioso, os gritos dela já não existiam mais, somente gemidos de prazer, ainda com alguma dor, mas com mais prazer do que dor. Ela começou a rebolar, gemia como uma cadela no cio, pedia mais e mais. Implorava mesmo para eu meter forte. Meu tesão foi para as nuvens vendo aquele macho se entregando como uma mulher, se entregando totalmente, implorando para eu meter. Meu sentimento de mulher-macho crescendo, o tesão me enlouquecendo. Comecei a bombar alucinadamente, Tirava tudo e enterrava tudo de uma vez. Ela gemia, dizia que eu era o macho que ela tinha esperado a vida toda e pedia mais e mais.

Eu bombava muito, ela gemia, dizia que estava doendo e ardendo, mas queria mais, que era para eu não parar queria ser comida o dia todo. Meti por mais de uma hora, Deixando aquele cú irreconhecível. Ela cheia de prazer. Tirei meu cacete, nossa que felicidade. Ver aquele cú todo aberto, completamente arrombado, meio sangrando e meio sujo de merda. Meti o pau na boca dela, mandei chupar e deixar limpinho. O que ela fez com gosto, chupou deliciosamente. Em seguida nos beijamos e pude sentir o sabor de nossos sexos na boquinha dela, comemorando que agora ela não tinha mais um cú, pois eu tinha transformado aequele cú numa buceta arreganhada e toda aberta. Não tinha mais pregas.

Depois de alguns dias a minha putinha já tinha se recuperado, ai comi ela de novo, confirmando o arrombamento e garantindo que a buceta que eu tinha criado no lugar que um dia foi o cú dela se firmasse para sempre ... mas esta é outra história ...

EXPERIENCIA MARAVILHOSA LAMBER AQUELE CU DE MACHO

VOU ME APRESENTAR SOU RAYSSA,TENHO 25 ANOS CASADA E TARADA.
CERTO DIA MEU MARIDO GOSTOSO CHEGOU EM CASA E EU ESTAVA VENDO UM PORNO, ONDE ENQUANTO O CARA FUDIA UMA GAROTA, A OUTRA LAMBIA O CU DELE SEM PARAR
AQUILO ME DEIXOU LOUCA DE TESÃO, MEU MARIDO VENDO EU JOGADA NO SOFÁ COM A MÃO NA BUCETA ME MASTURBANDO FICOU LOUCO E ME PERGUNTOU PQ EU ESTAVA COM TANTO TESÃO COM UM FILME COMUM.
EU TENTEI NEGAR QUE ERA POR VER A SAFADA LAMBENDO O RABO DO CARA COM TANTA VONTADE, POIS PENSEI Q ELE ME ACHARIA UMA DESEQUILIBRADA,MAS ELE PERCEBEU QUE TODA VEZ QUE PASSAVA A CENA EU GEMIA DE TESÃO IMAGINANDO MINHA LINGUA SUBINDO E DESCENDO NAQUELE CUZINHO BRANCO E RASPADINHO.
DE REPENTE O INESPERADO ACONTECEU...MEU MARIDO Q SEMPRE FOI MUITO RESERVADO E SÉRIO SE TRANSFORMOU, E SENTOU NO CHÃO ME OBSERVANDO E AS VEZES OLHANDO O FILME, FOI FICANDO EXCITADO E TIROU TODA A ROUPA E SOMENTE FICOU DE GRAVATA (PRETA) E COMEÇOU A SE MASTURBAR “NOSSA Q DELICIA, EU ESTAVA DOIDINHA VENDO AQUELA CENA”....
E QUANDO PASSOU NOVAMENTE A CENA DA PUTINHA LAMBENDO O CUZINHO DAQUELE PUTINHO, PASSAVA A LINGUA DEVAGAR MOLHANDO BEM E OUTRAS VEZES ENFIAVA A LINGUA BEM FORTE FORÇANDO PARA ENTRAR MEU MARIDO PEGOU O CONTROLE E COMEÇOU A PASSAR EM CAMERA LENTA.PARECE Q ELE ESTAVA ADIVINHANDO OQ EU QUERIA FAZER.
MAS NÃO TINHA CORAGEM, ENTÃO PAUSOU O FILME E ME DISSE ,VEM PUTINHA CHUPAR O PAU DO SEU MACHO ,EU SEM PENSAR DUAS VEZES FUI,ELE ESTAVA TOTALMENTE DESCONTROLADO NEM PARECIA MEU MARIDO EDUCADO E GENTIL,MANDOU EU CHUPAR ATÉ O FIM SEU PAU E BABAR MUITO NELE ,COMO SOU OBEDIENTE FIZ ...
ELE PEDIU PRA MIM VIRAR DE COSTAS E ABRIR BEM A BUCETINHA PRA ELE E COMEÇOU A BATER COM O CINTO DE LEVE NA MINHA BUNDA DIZENDO,VAI APANHAR SUA CADELA POR ASSISTIR PUTARIAS EU DELIRAVA DE TESÃO,ENTÃO COLOCOU O CINTO NA MINHA CINTURA ABOTOOU E COMEÇOU ME LAMBER A XANA SEGURANDO PELO CINTO ME PUXANDO CONTRA SUA CARA.
GEMIA COMO UMA VAGABUNDA DIZENDO ISSO DESGRAÇADO CHUPA SUA VADIA SEU TARADO SEM VERGONHA,ELE ME CHUPOU ATÉ EU GOZAR ,NOSSA GOZEI COMO UMA ÉGUA ,MAIS AINDA ESTAVA COM MUITO TESÃO.
QUANDO ELE SE LEVANTOU E ME PEDIU PRA EU ME SENTAR NO CHÃO ENCOSTADA NO SOFÁ ,ENTÃO ELE SE SENTOU NO SOFÁ DE PERNAS BEM ABERTAS E SOLTOU O FILME ,ME CHAMOU DIZENDO FAZ OQ VC QUIZER DE MIM HOJE ,VC SERÁ MINHA PUTA E EU SEU MACHO, MATE SUA VONTADE.
ERA TUDO Q EU PRECISAVA OUVIR, ME LEVANTEI RAPIDAMENTE E SEGUREI-O PELA GRAVATA BEM FIRME E DISSE VAI SE ARREPENDER DE TER DITO ISSO SEU CRETINO,CHEGUEI BEM PERTO E FINGI Q IA BEIJA-LO QUANDO ELE VEIO EM MINHA DIREÇAO ME BEIJAR DEI UMA TAPA NA CARA DELE DIZENDO EU MANDEI VC ME BEIJAR SEU PUTO?ELE GEMEU DE TESÃO E CHINGAVA MUITO,SUA VADIA ORDINARIA GOSTA DE BATER NÉ PUTA,EU PIRAVA DE TESÃO .
ENTÃO ME ABAIXEI E COMECEI A CHUPAR O SEU PAU COM VONTADE ,DESCI ATÉ AS BOLAS E LAMBIA DEVAGAR,ENGOLIA AS DUAS E ENTÃO NÃO RESISTI ...ABRI BEM AS PERNAS DELE .....ELE FICOU MEIO CISMADO E DISSE OQ VAI FAZER VAGABUNDA ESTA LOUCA? DEI MAIS UNS DOIS TAPAS NA CARA DELE E DISSE CALA BOCA SEU MALDITO NÃO MANDEI VC FALAR NADA, E SE FALAR NOVAMENTE ME INTERROMPENDO VAI APANHAR DE CINTO OUVIU, ELE DISSE SIM MIM DONA.
SOU SEU ESCRAVO ME PERDOE, ENTÃO VOLTEI A CHUPA-LO, O PAU DELE ESTAVA COMO UMA PEDRA BABANDO SEM PARAR, AQUILO DEIXAVA MINHA BUCETA ESCORRENDO DE TESÃO,TORNEI ABRI SUAS PERNAS E CHUPANDO SUAS BOLAS ELE ESTAVA DE OLHOS FECHADOS ENTÃO ME ARRISQUEI A OLHAR SOU CUZINHO PRA VER SE EU SENTIRIA TESÃO.
QUANDO VI AQUELE CUZINHO ROSINHA E FEXADINHO PARECENDO UMA PITANGA ENLOUQUECI ...EU MORDIA OS LABIOS,LAMBIA E OLHAVA FIXAMENTE IMAGINADO MINHA LINGUA NAQUELE CUZINHO QUENTE ...QUANDO DEI POR MIM ELE ESTAVA DE OLHOS ABERTOS ME OBSERVANDO DESEJAR SEU CU DELICIOSO.
NÃO DEU PARA DISFARÇAR ...ENTÃO ACONTECEU ALGO Q JAMAIS IMAGINEI Q ELE FIZESSE...COMEÇOU A ME OLHAR FIXO E ME CHAMOU E ME SEGUROU PELOS CABELOS BEM FORTE E DISSE BEM BAIXINHO NO MEU OUVIDO...HOJE PODE FAZER OQ QUIZER SE LEMBRA VAGABUNDA DELICIOSA E CONTINUOU FALANDO BAIXINHO VC VIU MEU CUZINHO NÉ PUTINHA, EU RESPONDI Q SIM COM A RESPIRAÇÃO MUITO OFEGANTE ,ELE DISSE ,OQ SENTIU ,EU RESPONDI SENTI MUITO TESÃO,ELE ME PROVOCAVA MUITO DIZENDO. ...GOSTA DO MEU RABO SUA CADELA ...VI COMO FICOU VENDO A MULHER LAMBENDO O CU DO CARA NO FILME.
NOSSA EU ESTAVA QUASE GOZANDO SE DE OUVIR ELE FALAR AQUILO NO MEU OUVIDO...ENTÃO ELE DISSE ...VAI VADIA SEM CARATER LAMBE O CUZINHO DO SEU MACHO ...SEI Q ESTA LOUCA PARA FAZER ISSO...NÃO RESISTI ABAIXEI E COMECEI A PASSAR A LINGUA NAQUELE CUZINHO CHEIROSO E QUENTE..ELE GEMIA COMO UM MALUCO SENTINDO A LINGUA DA SUA FEMEA NO RABO.
EU LAMBIA E CUSPIA NAQUELE RABO, ESFREGAVA NA MINHA CARA SEGURANDO AS PERNAS DELE ...LAMBIA,CHUPAVA ,MORDIA LEVEMENTE ,ENFIAVA A LINGUA COM FORÇA PARA VER SE ENTRAVA NAQUELE BURAQUINHO QUENTE...E PERCEBI Q O CU DELE FOI RELACHANDO EU TRATEI DE APROVEITAR...ENFIANDO A LINGUA COM FORÇA E PERCEBI ELE FORÇANDO O CU PARA SE ABRIR NA MINHA LINGUA COMO SE FOSSE FAZER CÔCÔ.
NOSSA QUE CU SABOROSO ENLOUQUECI...ENTÃO ELE DISSE PARA PARAR UM POUCO E SENTAR NO PAU DELE,PULEI EM CIMA DELE E COMECEI A REBOLAR ELE SEGURAVA NA MINHA CINTURA PELO CINTO E DIZIA ,VC É PUTA MESMO ,REBOLA VAGABUNDA, EU VOU RASGAR SEU CU PRA VC APRENDER NÃO LAMBER MEU CUZINHO. ME VIROU DE 4 E ENFIOU DE UMA SÓ VEZ COMO UM TARADO ...NÃO AGUENTEI E GOZEI COMO UMA VADIA NOVAMENTE...ENTÃO ELE DISSE ...VAI CHUPAR MEU PAU CADELA.
FUI CORRENDO E HORAS LAMBIA O PAU,SACO E MINHA LINGUA SEMPRE ESCORREGAVA E IA EM DIREÇÃO DE SEU CU...ENTÃO EU DISSE Q ELE SERIA CASTIGADO POR COMER MEU CU TÃO VIOLENTAMENTE...TIREI O CINTO E PRENDI SUAS MÃOS BEM FIRME DEI UM BEIJO NA BOCA DELE.
DEPOIS CUSPI EM SUA CARA E DEI UM TAPA BEM FORTE ...ELE FICOU MALUCO E DIZIA QUANDO EU ME SOLTAR VOU TE ARREBENTAR VAGABUNDA...EU SORRIA E FAZIA AR DE IRONIA ...ABRI SUAS PERNAS BEM ARREGANHADAS E COMECEI A LAMBER SEU RABINHO NOVAMENTE ELE GEMIA E DIZIA ...EU TE ODEIO AI Q EU FAZIA MESMO...MOLHEI SEU PAU BEM E MANDEI ELE BATER UMA PUNHETA ENQUANTO EU LAMBIA AQUELE CU MAGNIFICO.
ELE OBEDECEU,MINHA LINGUA ENTRAVA DENTRO DO CU DELE APERTADO E MACIO...ELE GRITAVA DE TESÃO,EU CUSPIA NAQUELE CUZINHO E SECAVA COM MINHA LINGUA ..PASSAVA O DEDO EM VOLTA E APERTAVA CONTRA SEU RABO,ENTÃO RESOLVI CASTIGA-LO ENFIANDO MEU DEDO.
NOSSA ESTAVA COMPLETAMENTE TARADA, COLOCAVA O DEDO,A LINGUA,BEIJAVA E SUGAVA AQUELE CU ...ELE DISSE Q IRIA GOZAR E PEDIU PRA EU LAMBER O CU DELE DE 4...TUDO Q EU QUERIA OUVIR...ELE SE AJOELHOU NO CHÃO E EU ARREGANHEI O CU DELE E PEGANDO NAS BOLAS ENQUANTO ELE BATIA UMA.
ME DEITEI RAPIDAMENTE NO CHÃO E PUXEI ELE COM FORÇA SOBRE MINHA CARA ENTERRANDO MINHA LINGUA NO RABO DELE ...ELE GRITOU VOU GOZAR VADIA ...E EU SENTI O CUZINHO DELE PISCANDO NA MINHA LINGUA ELE PIROU E REBOLAVA NA MINHA CARA APERTANDO O CU SOBRE MEU ROSTO EU LAMBIA BEM RAPIDO COMO SE EU BATESSE UMA PUNHETA PARA O CU DELE.
ELE GOZOU COMO NUNCA... E DEPOIS DESSE EPSÓDIO NUNCA MAIS VOLTAMOS A FAZER OU TOCAR NO ASSUNTO.MAS NÃO CONSIGO TIRAR ISSO DA CABEÇA. ME APAIXONEI POR ISSO E ME MASTURBO SEMPRE PENSANDO EM REPETIR A FAÇANHA.

Troquei de lugar com meu namorado!!!

Desde o inicio a atração e o desejo pelo meu namorado foi arrebatador, nada convencional! Guiados pela atração mutua transamos loucamente cheios de desejo logo que nos conhecemos, mas, ambos queriam mais. Começamos a namorar e o tesão aumentada a cada transa. Sempre foi louca pelo pau dele e o chupava com muita vontade, em uma dessas chupadas molhei bem meu dedinho e coloquei no cuzinho dele e comecei a foder bem devagarzinho e aumentando a intensidade ele gemia de tesão como nunca tinha visto alguem gemer antes, enquanto eu ficava louca vendo toda aquela cena.
Quando ele me presenteou com um consolo e uma cinta, as coisas começaram a pegar fogo na cama! No começo achei tudo novo, mas aberta a novas experiências, resolvemos testar. Sempre conversamos muito sobre sexo e isso facilitou as coisas... a cada conversa aumentava o tesao e a vontade de estar com ele tomava conta de mim!, confesso que já estava louquinha para realizar nossos desejos e foder aquele cuzinho! Foi quando em uma noite saímos pra balada como qualquer dia, bebemos um pouco alem , saímos dali cheios de tesão, nos amassando no carro, pegando fogo a cada toque a cada beijo, chegamos na casa dele já loucos de desejo,entramos no quarto despindo um ao outro, a melhor hora para por em pratica nossos planos, coloquei a cinta com aquele consolo e começamos a nos beijar, senti o pau dele roçando meu corpo e ia me deixando louca de tesão ele começou a chupar meu pau, me sentia como um macho, louco pra foder aquele cuzinho e via meu namorado como uma putinha safada, doida pra levar um pau, ele pegava no meu pau enlouquecido cheio de tesão,e em um 69 delicioso, minha lingua percorria o pau dele todo, engolindo,chupando as bolas e continuando o caminho até o cuzinho, igual como ele fazia em mim, minha lingua passava na entrada no cuzinho dele, molhando, entrando o maximo possivel. Ele ao sentir minha lingua penetrando seu cuzinho, gemia de prazer, e me chupava cada vez mais. Com seu cuzinho molhado, chupava com muita vontade deixando ele bem molhadinho, coloquei um dedinho, depois dois, lentamente até atingir o fundo, colocando a boca de novo no pau, chupando com gosto. Ele gemia de prazer ao sentir a dupla caricia. Com o movimento de vai e vem o fodia com o dedo em seu cuzinho. Mamada no pau e o dedo no cu. Mas sabia que minha putinha safada tava louca pra ser enrabada, então mudamos de posição, ele ficando por cima de mim com como rabo enfiado na minha cara, e quanto mais eu o lambia mais ele gemia, e separava a bunda para expor o buraquinho.Ele forçava o rabo para trás de modo a que a minha lingua se enterrace mais fundo no seu buraco. Minha buceta latejava de tesão, passei entao bastante lubrificante no meu pau e no cuzinho deixando bem lambuzado, meu amor foi sentando devagar no meu pau... (aa que tesão, so de lembrar fico toda molhada), sentia o pau entrando naquele cuzinho apertado que logo engoliu sedento por pica, comecei a colocar devagar ate ele acostumar com aquela rola, fui metendo, aumentando a intensidade conforme ele se sentia mais a vontade, cheios de tesão bombava meu pau no cuzinho e quanto mais ele gemia mais eu metia com força, naquele vai e vem gostoso enquanto ele punhetava no seu pau gemendo alto,
Não aguentamos muito esse prazer. Senti que ia gozar e aumentei o ritmo das bombadas, metia meu pau bem rápido enterrando naquele cu. Gozei muito, jamais havia sentindo tamanho prazer, ele se virou para mim cai de boca no pau dele que logo em seguida chegando ao ápice do prazer gozou em meu rosto, minha boca foi inundada de porra quente deliciosa, que engoli sem parar de chupar.
Foi uma noite inesquecível.
Descobri algo que faz o meu amor delirar. A minha língua e meu pau no seu rabinho
Desde então nas nossas muitas noites de amor sempre que possível não deixo de comer aquele cuzinho gostoso!

Somos um casal curioso, com busca incansavel pelo prazer, temos varias fantasias que logo colaremos em pratica, prometo voltar aki e contar tudo pra vcs!


"Se as coisas são como devem ser, avassaladoras serão."

O CUZINHO DO MEU MARIDO EH DELICIOSO

Para quem não me conhece, uma breve apresentação. Sou uma mulher de 32 anos, casada, feliz e apaixonada pelo meu marido. Também sou louca por sexo. Já tive algumas experiências gostosas realizando algumas fantasias. Ultimamente tenho me empenhado em trazer meu marido (somos casados a 4 meses) para as minhas fantasias. Mas como tenho medo de assusta-lo, vou devagar, deixando que ele conduza mais as coisas... O fato eh que sou loucamente louca para vê-lo com um homem. A vontade de vê-lo chupando um cacete eh muito grande... Vê-lo de 4 pra um macho enraba-lo eh o maior tesao da minha vida... Mas ele eh meio machista, acha q esse tipo de coisa pode afetar sua masculinidade. Porem ele eh bem novo (tem 22 anos) e sei que um dia vou convencê-lo.

Bem, vamos ao que ocorreu ontem a noite então...

Meu bem trabalhou ate mais tarde e ainda tomou umas cervejas com seus amigos... Na hora que ele chegou já foi dizendo q estava excitado e que queria me comer freneticamente. Conversamos bastante, tomamos um banho juntos e começamos akela sacanagem gostosa. Ele mergulhou seu rosto na minha buceta e me chupava deliciosamente... Foi incrível o primeiro orgasmo que tive. Gozei na boca do meu homem e ele chupava ainda com mais força durante o orgasmo. Nessa hora, se aproveitando do meu estado de excitação, foi virando-se e posicionou-se encima de mim nu delicioso 69. Eu engolia seu pau com muita vontade e ouvia ele gemer baixinho com akela pica todinha na minha boca...

De repente, não sei o que deu nele. Foi se ajeitando, se ajeitando, mudando de posição ate que sentou com sua bunda deliciosa no meu rosto.

Não acreditei nakilo. Era muito tesao pra uma mulher so... Ele começou devagar dando reboladinhas lentas e foi aumentando e rebolando deliciosamente...

Peguei o áleo comestível com sabor de uva que tinha em casa e besuntei todo seu rabinho e me coloquei a chupar ainda mais... Lambia akele cu e ele rebolava na minha língua...

Em outras ocasioes, já tinha enfiado um dedo em seu cu mas ele reclamou muito de dor, desconforto e disse pra isso não se repetir. Fiquei na minha e não tentei mais...

Mas ontem, hummmmmmm... Ontem ele ficou rebolando na minha cara por muito tempo... Com suas mãos, ele arreganhou akela bunda deliciosa, branquinha e gordinha pra eu passar a língua em seu cuzinho maravilhoso...

Percebi que ele fazia akilo pra sentir minha língua mais práxima de seu interios.. Já fui pensando: “Eh hoje..”

Sai debaixo do meu homem e sentei ao seu lado. Ele ficou deitado com a bundinha pra cima e continuou rebolando... ME deitei encima dele e coloquei a beijar suas costas, nuca , orelha e ouvia ele gemer e rebolar muito... Foi ai que ele perguntou o q eu tava querendo fazer e eu fiz q não ouvi e não respondi... Queria jogar com ele. Adoro jogos de sedução...

Ele repetiu: “Amor, pode fazer akilo que você mais gosta, eu deixo”.. Akele interesse súbito dele por levar uma dedada no rabo me enlouqueceu de tesao. Na hora, peguei um lubrificante que já estava na mesinha ao lado da cama e passei devagar em seu buraquinho apertado. Na hora ele soltou um gemido tão alto que me deixou ainda mais excitada.

Fiquei passando o dedo devagar, em cirdulos e ele gemia muito e dava pequenas reboladinhas... Fui brincando assim sem penetrar, so para deixa-lo com mais vontade e fui subindo minha boca por seu corpo suado ate chegar em sua orelha. Dei um longo e demorado beijo na orelha dele e ainda com o dedo na entrada de seu cu perguntei baixo em seu ouvido: “Você deixa eu fazer ou você quer que eu faça??” Fiz questão de começar a enfiar o meu dedo enquanto perguntava. E ele respondeu que deixava: “Ai, amor, eu deixo. Eu sei que você gosta por isso eu deixo. Quero te satisfazer”.

Nossa... Eu precisava ouvir ele dizer que queria. O meu tesao aumentava so de perceber que ele realmente queria e muito. Quando ele disse que deixava pra me satisfazer, não pensei duas vezes. Tirei o dedo e comecei a beijar o corpo dele, pedindo pra ele se virar para que eu pudesse mamar sua pica grossa e gostosa... Ele obedeceu meio sem entender. Depois perguntou porque eu parei.

Respondi: “Eu não quero mais fazer isso pra me satisfazer. Não esta certo você fazer algo que não gosta so porque eu gosto.” Na hora ele me beijou na boca e repetiu muitas vezes a frase “Eu quero muito.”

Entrei em transe quando ele começou a me morder os lábios e dizer que ele queria muito meu dedo em seu rabo...

Caralho... Que tesao... Ficou de 4 e fui empurrando um dedo devagar. Ele foi rebolando e gemendo... Que delicia... Depois de um tempo, enfiei mais um e ele reclamou de dor. Fo ai que comecei a brincar com o cu dele. Enfiva um dedo de cada vez. Enfiava um, e quando ia tirar, já enfiava outro. Assim, fui enfiando todos os meus dedos nakele cuzinh, sendo um dedo de cada vez. Ate que ele pediu pra eu meter fundo. Meti dois dedos com força e ele urrava de prazer... Ao mesmo tempo, virei de Aldo e fui chupando o cacete gostoso que akele macho tem.

Mas o que mais me imprensionou e me excitou, foi qando ele colocou dois dedos meus em sua boca e começou a chupar. Ele não comentou, nem eu. Mas tenho certeza que ele imaginou estar chupando um cacete gostoso.

Ele engolia meus dedos com tanta vontade. ..Forçava na garganta e passava meus dedos em cada cantinho quente da sua boca. Olha, ele vai ser um excelente chupador de pau...

Eu fui falando como ele devia fazer, como se ele estivesse chupando um cacete... E quanto mais eu falava, mais ele chupva com vontade, com a boca bem molhada... E eu ia falando “ assim eh melhor... eh igual qdo eu chupo seu pau assim...”

Fui chupando o pau dele e mostrando como devia ser. E ele repetia o movimento nos meus dedos... E pediu pra eu estocar que queria gozar com o meu dedo enterrado em seu rabinho...

Fui estocando e ele começou a pular na cama... Fazendo com que meu dedo fizesse um vai e vem maravilhoso... Ele gozou na minha boca, molhando todo o meu rosto com sua porra gostosa.

Mas o mais gostoso mesmo foi sentir seu cuzinho piscado na hora de gozar... Isso me mata de tesao.

Depois disso, me colocou de 4 e comeu o meu cu também, desta vez, por vingança, diz ele. Eu adorei e gozei muitas vezes em seguida... Foi a melhor noite de nos dois ate hj.

Agora estou aki, louca de tesao so por lembrar. A tarde vou me encontrar com uma mulher deliciosa. Vou tentar matar nossos desejos uma pela outra(a gente se conhece so pela internet por enquanto)... E a noite estarei de volta em casa. Já estou contando os minutos para a minha tarde chegar.

Depois qe eu comer akela delicia de mulher, vou correr pra casa pq meu maridinho vais estar esperando eu chegar para come-lo de novo...